Rodovias: câmeras evitam acidentes
 


Fonte: Valor Econômico

Queda no primeiro trimestre de 2011 foi de 25%


No Brasil, 723 acidentes automotivos acontecem, diariamente, em rodovias pavimentadas brasileiras provocando a morte de 35 pessoas e deixando 417 feridos. Por ano, este número chega a 42 mil vítimas fatais sendo que outras 24 mil acabam falecendo, posteriormente, em decorrência dos acidentes.

Uma iniciativa que pode diminuir a quantidade de pessoas que perdem a vida nas estradas brasileiras é o monitoramento das mesmas. Tendo isto em vista, o Sistema Castello-Raposo e Rodoanel, em São Paulo, possui 90 câmeras instaladas ao longo de sua extensão para a fiscalização dos motoristas. Os equipamentos são conectados ao CCO (Centro de Controle Operacional) das concessionárias, que administram os trechos, neste local ficam de plantão equipes de monitoramento e policiais rodoviários.

Este controle tem ajudado a amortizar o volume de mortes na rodovia, de acordo com um levantamento feito pela CCR (uma das administradoras), no primeiro trimestre deste ano, 15 pessoas faleceram no complexo rodoviário ante as 20 vítimas fatais de 2010, uma redução de 25%.

De acordo com Renato Caldo, gestor de atendimento das empresas, atitudes como multar as imprudências ao volante por meio das câmeras e também sinalizar quais vias estão sendo monitoradas pela polícia contribuíram para aumentar a segurança dos condutores no local.

Somado aos equipamentos de fiscalização eletrônica, a concessionária também lançou alguns programas de conscientização dos motoristas. As ações visaram alertar sobre a importância de uma travessia segura, uso de cinto de segurança e da cadeirinha infantil, além de reafirmar os perigos da ingestão de bebidas alcoólicas. Outra atividade também promoveu o curso de direção defensiva para motociclistas.

« voltar